Horário: 20 de outubro de 2018, das 14h00 às 17h00
Local: ITS
O que levar: toalha, garrafa de água, roupas confortáveis
Valor: R$90,00

Atinja níveis mais elevados em seu Ser através de técnicas de meditação e posturas potentes. Promova equilíbrio, equanimidade mental para uma caminhada mais saudável, criativa e honesta em sua vida.

Benefícios

  • Estimulação das 26 vértebras da coluna e todos os chakras;
  • Aumento da circulação do fluído espinhal que está crucialmente ligado à boa memória;
  • Concentração e Rejuvenescimento;
  • Aumento das capacidades motoras, sistema imunológico, força e resistência.

Prática de Kundalini Yoga

Kundalini Yoga é uma ciência, uma tecnologia que funciona através de técnicas de respiração, asanas (posturas) em sequência, que chamamos de Kriyas, meditações e mantras. As sequências e meditações possuem sempre algum benefício específico concreto mas também irão trabalhar na promoção integral do corpo, mente e espírito.

Kundalini significa força ou expressão criativa. Desenvolvemos na prática, resistência suficiente para nos mantermos criativos e isso faz com que possamos nos tornar mais efetivos em nosso dia a dia. Com uma prática constante podemos lidar com o stress e a fadiga a partir de um novo nível de consciência, a que chamamos de mente neutra ou mente equilibrada. Através da mente neutra podemos acessar nossos dons e talentos mais facilmente, imprimir novo ritmo do metabolismo, alterando padrões nocivos à saúde, trocando maus hábitos por bons hábitos.

Programação:

  • Mantras de Abertura
  • Prática de Pranayamas (Respirações Conscientes)
  • Hatha Yoga
  • Posturas Kundalini
  • Kriya Sequência Kundalini
  • Meditação
  • Mantras de Encerramento

Facilitador: Fernando Chacon é formado como instrutor/professor de Kundalini Yoga pela KRI – International. Também possui formação em Massoterapia, Bioenergética e Comunicação Consciente na Kundalini Yoga. Lidera grupos de meditação e autodesenvolvimento no Brasil e na Índia. Ministra aulas e treinamentos de Yoga e trabalhos humanitários.

Compartilhe: